Marketing de Busca: O Guia Definitivo

Elaborar uma estratégia de Marketing de Busca tem sido uma tarefa complicada? Você sabe no que consiste uma verdadeira estratégia de Marketing de Busca?

Se você tem algum negocio online ou deseja ter, desconhecer sobre esse assunto vai lhe custar muito caro, pois você estará perdendo grandes oportunidades de expandir sua marca nas páginas de respostas dos mecanismos de busca.

Os mais experientes até sabem o que é marketing de busca, mais no entanto muitos ainda não aproveitam todas as oportunidades que existe em um processo de marketing de busca bem elaborado.

Se você quer realmente entender sobre essa PODEROSA estratégia, eu vou te guiar com todo prazer. Preparado?

Antes de traçarmos um plano de ação bem elaborado veremos a sua definição:

O Marketing de Busca (SEM – Search Engine Marketing) consiste em maximizar os resultados de comunicação a partir de buscadores. Possui duas áreas: busca orgânica e links patrocinados

Entendendo as metodologias do Marketing de Busca: SEO e PCC

marketing de busca to vs tp

Busca Orgânica é a parte do Marketing de Busca em que não pagamos por anúncios. Para obter melhores resultados, são utilizadas técnicas SEO (Search Engine Optimization – Otimização para Mecanismos de Busca).

Links Patrocinados (PPC), esta é a parte do Marketing de Busca em que compramos trafego através de anúncios pagos, geralmente pagos por clique (PPC). O nome do sistema varia de acordo com o buscador: Google Adwords, Bing Ads, etc.

Como vocês perceberam existem alguns links acima justamente apontando para dois artigos completos, um sobre Links Patrocinados e outro sobre SEO, e se você deseja se aprofundar no assunto aconselho que vocês leiam tudo, pois aqui nesse artigo irei tratar exclusivamente da integração dessas duas estratégias para alcançarmos a nossa meta, que é sermos encontrados ok?

Vamos partir para o Plano de Ação

  1. Analise do ambiente

Antes de nós iniciarmos qualquer projeto de marketing de busca é importante ter um ponto de partida claro, uma linha de base.

É Importante analisar:

  • Quantidade de páginas indexadas – quando maior o número de páginas indexadas, pois quanto maior o número de páginas indexadas nos buscadores aumenta as chances de você ser encontrado.
  • Posições de palavras-chave relevantes para o seu negócio – não adianta fazer um trabalho de otimização para palavras que não tem busca alguma. Para se ter boas palavras-chave precisa-se saber o que o público está buscando.
  • Fontes de trafégo – de onde está vindo o seu trafego? (facebook, twitter, instagram, youtube, bing etc..)
  • Auditoria do site e conteúdo – existem ferramentas próprias para isso
  • Investimento em mídia – há algum tipo de investimento para aumentar o trafego do site?

Estou abordando de forma simplificada para você começar a ter uma visão geral sobre o que nós iremos de fato falar.

  1. Posições

O projeto deve conter:

  • Palavras que estão posicionadas – quais as palavras que já estão posicionadas, e que você pode melhorar os resultados?
  • Palavras que poderão ser posicionadas
  • Palavras que você quer posicionar

Determine a relevância e o impacto de cada palavra que irá trabalhar pois existem termos que irão gerar trafego qualificado, que são aquelas pessoas que te encontrarão e que já estão prontas para fechar negócio com você e outros que irão gerar trafego frio, ou seja, você será encontrado mais dificilmente pela pessoa certa.

  1. Fontes de Tráfego

As fontes de tráfego podem ser visualizadas no Google Analytics. Nele você pode identificar os melhores canais e o que não está funcionando. Não tem como fazer uma análise detalhada do tráfego sem uma ferramenta de Analytics.

Geralmente as fontes de tráfego são:

  • Orgânico – tráfego aonde você é encontrado sem precisar pagar anúncios.
  • Pago – tráfego aonde você paga para anunciantes anunciarem o seu site
  • Direto – tráfego aonde as pessoas digitam de forma direta seu endereço no navegador
  • Referência – quando algum site linka para o meu site se referindo a ele de alguma forma
  • E-mail – tráfego adquirido por meio de uma comunicação por e-mail utilizando-se de estratégias de e-mail marketing
  1. Auditoria

Tanto o site deve ser auditado de forma geral, quanto os conteúdos produzidos, caso tenha.

Alguns pontos a serem analisados:

  • Títulos e meta tags
  • Descrições
  • Estrutura da utl
  • Texto âncora
  • Links internos
  • Estrutura do conteúdo
  • Mídia

Bem agora vamos passar para a parte principal do nosso plano de AÇÃO, que é a parte estratégica.

marketing de busca estrategia

  • E a primeira coisa que você precisa ter em mente é o conteúdo, ou seja, textos de qualidade, com palavras-chave relevantes, com regularidade.
  • HTML: estrutura da página (geralmente os temas em wordpress já vem bem limpos nesse sentido) e também que seja um site mobile friendly que são sites que se adequam a dispositivos moveis como: celulares, tablets etc.
  • Arquitetura: estrutura da url, verificação de conteúdo duplicado, organização do site
  • Links: qualidade dos sites e o texto âncora otimizado
  • Confiança: conteúdo de qualidade, mídias, links de qualidade, frequência, links externos
  • Social: redes sociais para fortalecer a marca e o site, engajamento, conversão e sinais sociais.
  • Informações: contato, sobre, política de privacidade, informações relevantes

Táticas

As táticas irão servir para você alcançar os objetivos. Quais caminhos você vai usar? Quais as táticas para curto e longo prazo?

Dessa forma você terá uma maior eficiência, pois não ficará sem rumo, trabalhando em qualquer ideia.

Ações

Que ações você irá tomar para melhorar a qualidade do site e o posicionamento nos buscadores? É importante ter ações para curto e para o longo prazo.

As ações não devem ocorrer isoladas. Deve-se juntar elementos de tráfego pago com tráfego orgânico para otimizar os esforços.

Você precisará de uma lista de ações até para você se disciplinar em relação as ações que você deve tomar, algumas você talvez venha adiando já a bastante tempo.

A lista de ações deve ter dias programados e obedecer as áreas de atuação:

Mês 1ÁreaDias
Levantamento de Palavras-chave relevantesEstratégico1
Auditar siteTécnico0,5
Desenvolver plano de conteúdo para BlogConteúdo1
Escrever, otimizar e inserir novos conteúdosConteúdo5
Adicionar links internosLinks2
Criar redes sociais e inserir botões sociaisSocial1
Relatório mensalEstratégico0,5

 

Controle

É importante acompanhar os indicadores de performance para analisar a evolução do projeto.

O Google Analytics é uma excelente ferramenta de mensuração.

Análise de posicionamento de palavras-chave e verificação de erros no Webmaster tools

Os dados devem ser acompanhados desde o início do projeto para analisar com precisão e eficiência de cada estratégia escolhida e cada ação tomada.

Ferramentas para você fazer toda analise

  • Planejador de palavras-chave do Google
  • SEMRush – Analise de concorrência
  • Majestic – Analisar relevância do site
  • Woorank – Fazer auditoria do site
  • SEO by Yoast – plugin para otimização SEO
  • Similar Web – Analise completo do site, inclusive concorrência
  • Serplab – Ferramenta para trackear o posicionamento do seu site nas palavras-chaves que você decidiu

Referencias:

http://www.academiadomarketing.com.br/

http://www.digai.com.br/2013/09/marketing-busca-infografico/

Posts Relacionados

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.